ANÁLISE DE CRÉDITO CONCESSÃO DE CRÉDITO
Capa Blog - Moove On

Dados alternativos permitem personalizar oferta de crédito

Mercado precisa se preparar para absorver uma enxurrada de informações não tradicionais para tomar decisões mais assertivas aos bons pagadores.

A onda de inadimplência que cercou os concessores de crédito nos últimos meses acendeu o sinal vermelho sobre a importância da análise de crédito mais apurada para garantir a sustentabilidade e a solidez financeira das instituições. Para isso, é preciso pensar fora da caixa e buscar fontes de dados fora do tradicional. Este foi o tema da palestra Análise de crédito além da negativação e com dados não tradicionais, que aconteceu durante o evento MoOve On – O futuro e a humanização do crédito.

Durante o debate, o Diretor de Novos Negócios da Neurotech, Breno Costa explicou que o mercado precisa se preparar para lidar com uma onda gigante de dados não-estruturados de inúmeras fontes diferentes que está chegando. “É preciso tornar estes dados palatáveis para que eles possam influenciar as decisões de forma assertiva. A Neurotech pretende ser esse grande sistema digestivo, unindo os três pilares: dados alternativos, capacidade analítica e produção de um modelo capaz de atender às necessidades das instituições”, explicou.

Os dados alternativos envolvem informações não contempladas pela análise de crédito tradicional, como o histórico de compra online e o comportamento do consumidor, por exemplo. Segundo Costa, o erro atual está em se concentrar na negativação e aprovação, quando existe uma série de decisões a serem tomadas após a validação do cliente.

É justamente nesse contexto que os dados alternativos alinhados à capacidade analítica se destacam. Com essas informações, as empresas conseguem avaliar o potencial do cliente e atender com maior assertividade. “Existe vida após o corte dos modelos de score. É preciso olhar para o cliente bom e muito bom, ou seja, depois da aprovação, o passo deve ser adequar a oferta: qual será o produto? Qual a taxa? Qual o limite? Qual a rapidez da aprovação? Tudo isso vai impactar a experiência do consumidor e, por consequência, os resultados dos concessores de crédito”, afirmou.

Costa lembrou que a união da Neurotech com a B3 criou um ecossistema amplo que permitiu não só ampliar o volume de dados disponíveis, mas também a geração de valor aos clientes. “O principal ponto é que é preciso moer os dados, ou seja, ter capacidade analítica para tomar decisões a partir deles”, destacou.

Conheça a Neurotech

Se você enfrenta desafios na gestão da sua carteira de crédito ou se interessa pelo poder do Big Data na gestão de riscos da sua empresa, estamos aqui para ajudar! Com mais de 20 anos de expertise no mercado de tecnologia, a Neurotech é sua parceira confiável.

Somos referência em transformar dados dispersos em informações confiáveis e relevantes, permitindo que nossos clientes antecipem oportunidades de negócio e alcancem resultados expressivos. Não deixe de aproveitar nossos conhecimentos e experiência a seu favor.

Acesse nosso site agora mesmo e descubra como podemos apoiar seus desafios de negócio. Clique no link abaixo para explorar as soluções que temos para você:

Acesse nosso site