GESTÃO CRÉDITO INDC
INDC_Nov_23

Demanda por crédito registra, em novembro, a maior queda do semestre

Retração de 15%, segundo INDC, foi puxada principalmente pelo segmento varejista

A demanda por crédito no Brasil recuou 15% em novembro, sendo esta a principal queda do segundo semestre de 2023, até o momento. É o que mostrou o Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC), na comparação com igual período do ano passado. Com isso, o único mês do ano que registrou desempenho positivo para a busca por crédito, em relação a 2022, continua sendo setembro – que teve alta de 6%.

Novembro foi o mais negativo desde julho deste ano e foi puxado, principalmente, pelo segmento varejista, que retraiu 27%. Já os bancos e financeiras recuaram 10%. O setor de serviços foi, pelo segundo mês consecutivo, o único com resultado positivo, crescendo 14%. 

Natália Heimann, head de produtos Analytics da Neurotech e responsável pelo indicador, afirma que este cenário negativo até pode ter uma leve recuperação em dezembro, a depender justamente do varejo, mas ressalta que fatores determinantes como a taxas de juros ainda travam a normalização do consumo. 

“É sempre esperado um crescimento no mês de dezembro pelas festas de fim de ano, principalmente em relação ao Natal e ao peso que o setor varejista tem para o mercado de crédito. Porém, o ano inteiro nos mostrou a incerteza dos consumidores perante uma economia que ainda vive mudanças delicadas. Um crescimento efetivo, de fato, devemos ter só a partir de janeiro”, explica. 

Dentro do varejo, novamente apenas a categoria Supermercado registrou alta, desta vez de 24%, na comparação dos últimos 12 meses. “Vestuário” teve o pior resultado, caindo 62%. Lojas de Departamento (-53%), Eletroeletrônicos (-41%) e Outros (-1%) completam a lista. 

Mês a mês

Na comparação mensal, novembro registrou queda de 11% contra outubro. Por segmento, a variação da demanda por crédito ficou assim: bancos e financeiras (+1 %), serviços (-17%) e  varejo (-26%). 

Já o recorte mensal varejista teve as categorias Outros (+7%) e Supermercados (+4%) com desempenho positivo. Os demais apresentaram: Lojas de Departamento (-44%); Eletro/Móveis (-33%) e Vestuário (-22%).

Sobre o INDC

Criado pela Neurotech, uma empresa B3 especializada na criação de soluções avançadas de Inteligência Artificial e Big Data, o Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC) abrange um universo de empresas instituições financeiras e varejistas e mensura o apetite do brasileiro ao crédito. Nem todas as milhões de consultas mensais registradas se transformam em concessão de crédito, pois o processo depende de fatores como o perfil da pessoa que está fazendo a solicitação, o apetite ao risco da financeira e se há ou não indícios de fraude.

Confira consolidado de análises do INDC

Conheça a Neurotech

Conte com a nossa ajuda e a Inteligência Artificial para tomar decisões mais precisas e com mais segurança, entre em contato conosco! Com as nossas variáveis diferenciadas garantimos a você novos modelos muito mais completos, atualizados e personalizados para que você tome as decisões certas em todo ciclo de crédito.

https://www.neurotech.com.br/contato/