ANÁLISE DE CRÉDITO GESTÃO CRÉDITO INDC

Demanda por crédito cresce 13% no mês de maio

A demanda por crédito no varejo subiu 131% nos últimos 12 meses até maio deste ano e fez com que o incremento global da busca por crédito crescesse 52% no período. Em relação ao mês de abril a alta foi de 13%, diante do forte aumento das vendas das lojas de departamento e vestuário impulsionadas pelo Dia das Mães. Os dados são do Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC). O indicador mede mensalmente o número de solicitações de financiamentos nos segmentos de varejo, bancos e serviços.

Na base mensal, o indicador tem oscilado com altas e baixas consideradas sazonais: caiu 9% em fevereiro, cresceu 2% em março, voltou a cair em abril (-11%) e agora obteve alta de 13%. No mês passado, todos os setores registraram crescimento em relação a abril. Bancos e financeiras tiveram aumento de 9%, Serviços 32% e Varejo, 19%.

Trata-se de um comportamento relacionado a questões sazonais e ao impacto da pandemia. No entanto, as perdas do início do mês foram compensadas pelo aumento da demanda por conta do Dia das Mães, o que gerou a aceleração das vendas, segundo análise do diretor de Produtos e Sucesso do Cliente da Neurotech, Breno Costa.

Diante desse quadro, não há como prever a continuidade do crescimento mês a mês da demanda por crédito. Podem ocorrer altos e baixos por conta da insegurança do brasileiro quanto à renda futura, o que implica na queda da confiança do consumidor e, por consequência, na redução do consumo de bens duráveis e semiduráveis; da tendência da alta da taxa de juros e de muitos ainda respeitarem o isolamento.

Acompanhe o INDC: https://www.neurotech.com.br/category/gestao-credito/analise-de-credito/indc-analise-de-credito/