Carregando...

Blog Neurotech

Compartilhamos nossas melhores idéias aqui.
Home / Blog / QUAIS SERÃO AS TENDÊNCIAS DE CONSUMO PÓS COVID-19? 

QUAIS SERÃO AS TENDÊNCIAS DE CONSUMO PÓS COVID-19?

A pandemia trouxe novas tendências de consumo que devem permanecer após o seu fim. Nesse artigo, explicamos como isso pode representar novas tendências de negócio para você e sua empresa.

Neurotech | 29 de Maio/20
consumo pós covid
A pandemia de Covid-19 alterou o modo como os consumidores se comportam e, por consequência, o modo como as empresas devem agir e se posicionar para acompanhar seus clientes. Dessa forma, nascem novas tendências de consumo que devem perdurar mesmo depois desse momento e que não significam, necessariamente, ameaças aos empresários e empreendedores, mas oportunidades de adequação à nova realidade.

As novas tendências de consumo pós-Covid-19

A adaptação ao meio digital é uma das principais mudanças observadas. O isolamento social, por exemplo, colocou o regime de home office sob os holofotes. Entretanto, as mudanças no âmbito da transformação digital não se resumem a isso. Desde meados de março, quando a quarentena começou a ser instaurada, as compras online dispararam.

Isso não abrange apenas o comércio – onde o consumidor adquire um produto online e o recebe em sua casa pelo correio, mas também outros serviços, como consultas médicas online para situações não emergenciais, atendimento psicológico e operações e transações bancárias.

De fato, essas mudanças são bastante atuais e têm sido sentidas com bastante força na rotina de todos. Entretanto, elas não pertencem apenas ao presente. Tudo indica que, ao fim da pandemia de Covid-19, a adesão de muitas dessas práticas continuará sendo uma realidade. Assim, novas situações de negócios surgem – e todas têm algo em comum: a necessidade de transformação digital e de se aliar à tecnologia.

Como a Inteligência Artificial e o Big Data podem auxiliar nessa mudança?

É com a aplicação de Inteligência Artificial (IA) que a relação entre marcas e consumidores pode ser estreitada e fortalecida nesses novos cenários. A IA torna possível, entre tantos outros benefícios, a personalização da experiência do cliente. O uso dessa tecnologia viabiliza a análise de toda a jornada de compra de um cliente, desde a pesquisa por preços e informações, até o pós-venda. Assim, torna-se muito mais fácil identificar os diferentes comportamentos e tornar o relacionamento com o consumidor mais eficiente.

O Big Data também desempenha um importante papel na transformação digital. Com base nos dados, é possível analisar e conhecer profundamente os clientes de uma empresa e, com isso, direcionar campanhas e ofertas de forma mais precisa. Essas duas tecnologias também podem ser utilizadas no desenvolvimento de estratégias, prevenção de riscos e sugestão de ações que vão otimizar os resultados na ponta. Por exemplo, recomendação de ofertas certas para o cliente certo, adequação dos preços dos produtos e indicação dos canais de comunicação mais aderentes ao perfil de cada consumidor. Ambas já são amplamente usadas por empresas de destaque. Os bancos, por exemplo, normalmente fazem uso da IA e do Big Data não apenas para facilitar o atendimento, mas também como instrumentos de análise e gestão de crédito.

Na Neurotech, temos desenvolvido soluções em Inteligência Artificial, Big Data e outras tecnologias de ponta nos mercados de crédito, varejo, bancos, financeiras e seguros, e que tem ajudado na transformação digital dos nossos clientes. Acreditamos que essas tecnologias têm um papel importante para que sua empresa se adapte rapidamente às tendências de consumo atuais e pós-Covid-19.

QUER CONHECER MAIS SOBRE NOSSA EMPRESA?

LEIA TAMBÉM.

PANDEMIA ACELERA A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO VAREJO
INTERESSE PELO SETOR DE SEGUROS RESIDENCIAIS PODE CRESCER
BANCOS E FINTECHS PODEM IMPULSIONAR CRÉDITO COMO ALAVANCA ECONÔMICA PARA AMENIZAR EFEITOS DA CRISE
IA OFERECE PROTEÇÃO AO VAREJO CONTRA IMPACTOS DA CRISE

COMPARTILHE