Neurotech | Quais vantagens a Inteligência Artificial traz para as empresas varejistas?
Carregando...

Blog Neurotech

Compartilhamos nossas melhores idéias aqui.
Home / Blog / CONHEÇA OS TIPOS DE ANÁLISES DE DADOS E SUAS APLICAÇÕES NOS NEGÓCIOS. 

CONHEÇA OS TIPOS DE ANÁLISES DE DADOS E SUAS APLICAÇÕES NOS NEGÓCIOS.

Descubra, neste artigo, os tipos de análises de dados existentes para tomada de decisões e aplicações nos negócios.

Neurotech | 30 de Julho/20
análises de dados
Se ainda havia dúvidas sobre a necessidade de entender os vários tipos de análises de dados existentes para a tomada de decisões, a pandemia do Covid-19 eliminou definitivamente todas elas. Na busca por soluções de combate ao vírus, os especialistas se debruçam sobre praticamente todos as alternativas possíveis esperando encontrar alguma segurança para optar por ações como a flexibilização ou endurecimento do isolamento, reinício das aulas e diversas outras medidas.

A mesma necessidade de abordar cada situação segundo os tipos de análises de dados mais adequadas é vivida diariamente pelos tomadores de decisão em empresas de todos os segmentos. Para chegar a este conhecimento de forma mais rápida e assertiva é fundamental responder às seguintes perguntas:

  • Quais são os 4 tipos de análises de dados?
  • Para que serve a análise de dados?
  • Que tipos de dados circulam pelas organizações?
  • O que são dados estruturados?
  • O que são dados não estruturados?
  • Quais tipos de análises de dados são os mais indicadas para o seu negócio?
  • Por que automatizar a análise de dados?
  • Quais são os 4 tipos de análises de dados?

  • Análise descritiva
  • Análise diagnóstica
  • Análise preditiva
  • Análise prescritiva
  • Para que serve a análise de dados?

    Após coletados, organizados, cruzados e corretamente interpretados, os dados se transformam em insights que facilitam e direcionam a solução de problemas, e o entendimento de situações complexas.

    Na era digital, a análise de dados cresceu em relevância e ganhou status, se transformando numa verdadeira bússola que direciona estratégias de sucesso para as organizações.

    Sozinho, cada dado pode não ter muito valor, porém somado a outros e observados segundo os tipos de análises de dados adequados, eles contribuem com conhecimento determinante para que gestores e empresas obtenham explicações. Só para exemplificar, a análise pode explicar o aumento das compras em uma linha de produtos, o risco de aprovar uma transação financeira ou a previsão de demanda de um serviço semanal.

    Que tipos de dados circulam pelas organizações?

    Cada vez mais as empresas são inundadas com uma imensidão de dados vindos das mais variadas fontes que podem ser catalogados em conceitos como quantitativos, discretos, contínuos, qualitativos, ordinais e nominais, entre outros. Mas basicamente eles podem ser divididos em dados estruturados e não estruturados.

    Seja como for, é fundamental a organização entender o processo de uso dos dados: de onde virão, quais os tipos de análises, que resultados são esperados e como será medido o impacto no negócio. Toda essa engenharia exige ferramentas modernas e poderosas construídas à base de Inteligência Artificial, Big Data e Aprendizagem de Máquina para construir as soluções.

    O que são dados estruturados?

    São aqueles com formato pré-definido e que podem ser capturados e armazenados em bases de dados, como cadastros e transações de compras dos clientes.

    O que são dados não estruturados?

    Consequentemente os dados não estruturados são basicamente todo tipo de informação que não possui um modelo pré-definido, como textos de e-mails, trocas de mensagens em smartphones ou redes sociais, por exemplo, assim como fotos e vídeos.

    Este tipo de insumo corresponde a entre 80% e 90% dos dados existentes no mundo e seu completo domínio e aproveitamento ainda é um considerado um desafio.

    Quais tipos de análises de dados são as mais indicadas para o seu negócio?

    Devido à hiper conectividade na qual a sociedade se encontra, o comportamento do consumidor se transforma cada vez mais rápido. Desta forma, é fundamental que além da experiência e da boa formação profissional o gestor utilize todos os tipos de análises de dados possíveis para entender melhor a complexidade do mercado e os riscos para a sustentabilidade da sua organização.

    A transformação digital nos negócios pede pela implementação de metodologias ágeis e tecnologias para facilitar a tomada de decisão. As soluções de análise de dados são utilizadas para efetuar leitura e interpretação dos negócios de uma organização, facilitando o redirecionamento dos planos e ações de negócios.

    Há basicamente quatro tipos de análises que são a descritiva, a diagnóstica, a preditiva e a prescritiva. Cada uma delas serve um objetivo específico, sempre com o propósito de otimizar ganhos, processos ou solucionar desafios.

      Análise de dados descritiva

    São números, indicadores, gráficos e estatísticas que ajudam a entender o que aconteceu ou está acontecendo nas organizações. É um dos tipos de análises mais antigas e conhecidas que, no entanto, continua a gerar informações valiosas para gestores e empresas.

      Análise de dados diagnóstica

    É normalmente usada para descobrir o porquê da ocorrência de uma situação ou comportamento. Só para ilustrar, a análise diagnóstica procura identificar os perfis dos clientes que não compraram um determinado produto buscando avaliar ainda o que motivou este resultado. É um dos tipos de análises que usa painéis para consolidar dados ou mesmo demandar tecnologias mais avançadas como aprendizagem de máquina e regras que ajudam a explicar por que algo aconteceu.

      Análise de dados preditiva

    É o tipo de análise que visa a responder o que provavelmente vai ocorrer. Nela são identificados padrões nos dados em casos passados que são usados para montar soluções capazes de prever o que pode acontecer em situações futuras. Trata-se da modalidade mais utilizada e conhecida, pois possibilita que as empresas tomem decisões com base na “antecipação” do provável resultado da decisão. Estimar o risco de alguém não pagar uma compra a crédito é um exemplo. Prever a chance de um veículo ser roubado com meses de antecedência é outro.

      Análise de dados prescritiva

    Essa é a modalidade de análise que tem o objetivo de recomendar o que a empresa deve fazer. Uma de suas ferramentas mais utilizadas é a avaliação de diferentes caminhos ou cenários olhando para as consequências de estratégias pretendidas.

    A análise prescritiva fornece alternativas aos gestores. Ela permite estabelecer planos para o negócio, baseados em dados, buscando melhores resultados. É comum este tipo de análise gerar recomendações a partir da comparação entre novas estratégias, em fase de testes, com o método tradicional e mais bem sucedido da empresa para medir se o impacto de uma inovação será positivo ou negativo na otimização de resultados.

    Sócio da Neurotech detalha a aplicação dos tipos de análise de dados nas empresas.


    Em uma entrevista sobre o assunto, o sócio-fundador da Neurotech, Germano Vasconcelos, aprofunda o entendimento sobre o uso da inteligência digital e os resultados alcançados pelos tipos de análise de dados em empresas de vários setores e fala de exemplos na Neurotech.


    ebook tipos de analises de dados

    E-book aprofunda entendimento sobre os tipos de análises de dados:

    O ebook: “TRANSFORME DADOS EM MELHORES DECISÕES: OS 4 TIPOS DE ANÁLISES E SUAS APLICAÇÕES” funciona como um manual de boas práticas para a obtenção de resultados com dados.

    Produzido pelo PhD em Inteligência Artificial pela University of Kent, no Reino Unido, e sócio da Neurotech, Germano Vasconcelos, o material tem um conteúdo desenvolvido com o objetivo principal de desvendar os detalhes das análises Descritiva, Diagnóstica, Preditiva e Prescritiva.

    O e-book trata ainda da diferença entre dados estruturados e não estruturados, além das etapas para colocar os dados no centro do processo de decisão, transformando-os em grandes aliados no negócio.

    Para obter essas e outras importantes dicas, baixe gratuitamente o e-book.



    COMPARTILHE